Seja Benvindo. A sua visita me fará, sempre, feliz

Livro de Visitas - Clique na imagem e deixe o seu recado

Guestbook ou faça um comentário em uma das postagens.

segunda-feira, 31 de janeiro de 2011

Paciência


Paciência, força de paz,
Atuando em nós,
Pela paz de nós mesmos...

 Paciência...força muda em nós,
Trabalhando em silêncio
Pelo bem de nós mesmos...

Paciência...aceitação plena
Das situações e das pessoas,
Surgindo em nós pela aceitação
De nós mesmos...

Paciência...luz de calma,
Brilhando em nós, pela calma nossa
De todas as horas, nos amparando
Nas dores de todos os dias...

Paciência... compreensão profunda,
Seguindo em nós pela
Compreensão de nós mesmos
E de que somos - eternos beneficiários
Da paciência ilimitada do Pai da Vida...

Paciência....flor de amor
Brotando nos mansos lagos
Da paz que se alcança
Pela vontade guiada para a Luz...

Paciência...flor de amor que desponta
No coração que ama e que
 Sabe que amar é esperar
E confiar na infinita paciência de Deus!

Autora espiritual: Letícia
Em 12/3/1992
Livro: Evangelho em Prosa e Verso
Mensagens de diversos espíritos
Edição: Lar de Tereza


sexta-feira, 28 de janeiro de 2011

Vá ao Encontro do Cristo



















2/5/2010
Autor: Élys Vianna

Olhe para o céu,
Olhe para a natureza,
Sinta o calor do Sol.
À noite, observe as estrelas, a lua,
O Universo em toda a sua grandeza.


Veja a Terra,
Toda a sua criação...
Nada foi feito por acaso,
Deus a tudo criou
Com a Sua divina perfeição...


Agora, vá ao encontro do Cristo,
No âmago do seu ser,
Sinta a centelha divina vibrando...
É preciso renascer!...


A vida será mais bela;
Busque esse caminho percorrer...
Creia, tenha fé!
Será um novo alvorecer...

terça-feira, 25 de janeiro de 2011

Fé em Deus



Imagem: Extraída do Site Luz Espírita (editada)

A fé em Deus não te arredará das provas inevitáveis, mas te investirá na força devida para suportá-las.


Não te afastará os obstáculos do caminho, entretanto, doar-te-á a significação de cada um deles, para que recebas em silêncio, a mensagem de que são portadores.


Não impedirá o afastamento dos companheiros a que mais te afeiçoas nos encargos que te marcam a vida, todavia, conceder-te-á energias e recursos para substituí-los, até que surjam outros cooperadores decididos a apoiar-te.


Não te livrará da enfermidade de que ainda precises, no entanto, iluminar-te-á ao entendimento para que lhe assimiles o recado salutar.


Não te retirarás dos desenganos e decepções que o mundo te propicie, mas auxiliar-te-á a extrair deles mais luz ao próprio discernimento.


Não te desligará do parente difícil, porém, ajudar-te-á a aceitá-lo e compreendê-lo em teu próprio benefício.


Não te proibirás as quedas prováveis nas trilhas da existência , no entanto, ensinar-te-á através da própria dor, onde se encontram as situações que te cabem evitar, em auxílio a ti mesmo.


Não te demitirá dos problemas que, porventura, te ameacem a paz, contudo, dar-te-á serenidade para resolvê-los com segurança.


Não te buscará nos labirintos de ilusão , nos quais talvez hajas penetrado, impensadamente, entretanto, clarear-te-á o raciocínio para te libertares.


A fé em Deus, por fim não te mudará os quadros exteriores de luta, mas infundir-te-á paciência a fim de que compreendas em todos eles os degraus de elevação, de que necessitas para escalar os cimos da vida imperecível.


Autor Espiritual: Emmanuel
Psicografia: Francisco Cândido Xavier
Livro: Amigo
Editora: CEU (Cultura Espírita União)
7ª Edição

quinta-feira, 20 de janeiro de 2011

Cruz Libertadora.

Filho querido, aceita de alma erguida
A cruz dos testemunhos redentores.
Segue de passos firmes! Além da vida,
A cruz é luz e as lágrimas são flores.

Não te deixes cair, confia e espera
Trabalha sem cessar, chorando embora.
A todo inverno sucede a primavera
E após a noite surge sempre a aurora.

Ao passar a borrasca, em tu'alma verás
As marcas de luz do Cristo Soberano
Que sustenta na dor, o coração humano.

Então, agradecido, sob as bençãos da Paz
Louvarás estas horas de lutas já vencidas
E que hoje te libertam das sombras de outras vidas!


Autora Espiritual: Auta de Souza (1980)
Livro: Evangelho em prosa e Verso
Editado pelo  Lar de Tereza




segunda-feira, 17 de janeiro de 2011

Amor e Paz

Paz é frutescência do amor.
Quem ama verdadeiramente perdoa, esquece,
restaura e, por isso, segue em paz.

Quem ama verdadeiramente não inveja a
vitória alheia , não desdenha o derrotado, não
aponta falhas, não comunga com o mal.
E porque nada deseja, senão o bem,
vive em paz.

Quem ama verdadeiramente acende a 
esperança, consola as aflições, reergue os 
caídos, compreende os que erram,
cerca-se de amigos. E, porque faz do amor
o seu objetivo maior, pode morrer
como viveu--em paz.

Seja, portanto, o amor a luz que te clareie
os passos, dissipando os resquícios das trevas
que ainda tentem te impedir a jornada.

Seja o amor o elo que te una aos irmãos em
humanidade, para que, sob pálio do Cristo,
realizes tua caminhada nos rumos do infinito.

Amor e Paz!


Amor vivido--Paz no serviço.
Amor na semeadura--Paz na colheita.
Amor ao Cristo--Paz em Deus!




Autor Espiritual: Irmão Francisco.
Em 6de junho de2000.
Livro: Evangelho em Prosa e Verso.
Edição: Lar de Teresa.


sexta-feira, 14 de janeiro de 2011

Espírito e Vida


18/2/2008

Autor: Élys Vianna


O espírito vem à Terra,
Para poder evoluir.
Cumprir a sua missão,
A paz ajudar a construir.

É preciso caminhar,
Cultivando o bem a cada momento,
Exercitando o amor,
Para evitar o sofrimento...

Causa e efeito se conjugam,
Tornando a lei, realidade.
Gratidão e altruísmo,
São os caminhos da felicidade.

O espírito iluminado,
Envolve o ser, em alegria.
Como uma cítara vibrando,
Doce e terna melodia.

quarta-feira, 12 de janeiro de 2011

Quem Ama











Quem ama, onde estiver,
serve sem perguntar.
Trabalha enquanto pode
na construção do bem.


Encontra, em qualquer parte,
companheiros e irmãos.
Não se isola, convive,
não reprova, perdoa.


Aprende a se omitir,
dando valor aos outros.
Quem ama reina sempre,
porque reina com Deus.

Autor espiritual: Emmanuel.
Psicografia: Francisco Cândido Xavier.
Livro: Trevo de Idéias.
G.E.E.M. S/C Editora.

segunda-feira, 10 de janeiro de 2011

Faça Caridade, Siga Jesus


1/4/2003
Autor: Élys Vianna

Olho para o céu.
Vejo nuvens empurradas pelo vento.
No rosto sinto o afago leve da brisa,
Que mais parece um lamento.

Na minha mente observo,
O giro dos meus pensamentos,
Que me leva ao encontro
De pessoas, muito pobres,
Sofridas, desamparadas,
Sem agasalhos, sem alimentos.

Eu me entristeço e me emociono.
Procuro forças no Mestre Jesus,
Que, sempre, pregou o amor ao próximo,
Com palavras, sublimes, de luz...

É preciso proteger quem necessita,
Com ternura e com carinho.
A caridade conduz a esperança,
Ao coração de quem se sente sozinho...

Se nada tem para doar,
É preciso não esquecer:
Um sorriso, uma palavra, uma prece fervorosa,
Aquecerá a vida de quem os receber.

Não se esqueça de Jesus.
Siga o Mestre com fervor.
O seu caminho vai se iluminar,
                                       Com a luz divina do Seu amor

quinta-feira, 6 de janeiro de 2011

A existência de Deus


Conta-se que velho árabe analfabeto orava com tanto fervor e com tanto carinho, cada noite, que, certa vez, o rico chefe de uma grande caravana chamou-o à sua presença e lhe perguntou:
-Por que oras com tanta fé? Como sabes que Deus existe, quando nem ao menos sabes ler?
O crente fiel respondeu:
-Grande senhor, conheço a existência de Nosso Pai Celeste pelos sinais dele.
-Como assim? Indagou o chefe, admirado.
O servo humilde explicou-se:
-Quando o senhor recebe uma carta de pessoa ausente, como reconhece quem a escreveu?
-Pela letra.
-Quando o senhor recebe uma jóia, como é que se informa quanto ao autor dela?
-Pela marca do ourives.
O empregado sorriu e acrescentou:
-Quando ouve passos de animais ao redor da tenda, como sabe, depois, se foi um carneiro, um cavalo ou um boi?
-Pelos rastros, respondeu o chefe, surpreendido.
Então, o velho crente convidou-o para fora da barraca e mostrando-lhe o céu, onde a lua brilhava, cercada por multidões de estrelas, exclamou respeitoso:
-Senhor, aqueles sinais, lá em cima , não podem ser dos homens!
Nesse momento, o orgulhoso caravaneiro, de olhos lacrimosos, ajoelhou-se na areia e começou a orar também.


Autora espiritual: Meimei.
Lvro Idéias e Ilustrações.
Conto nº 37
Psicografia: Francisco Cândido Xavier.
Mensagens de diversos espíritos.

domingo, 2 de janeiro de 2011

Minha Esperança

 
Tenho a esperança de um dia ver a Terra toda iluminada.
A fraternidade sendo o seu ponto forte.
Isso, realmente, é possível,
pois Deus está em toda parte nos abençoando










24/10/2008
Autor:Elys Vianna

Viajo pelo Universo,
A minha mente está a flutuar;
Busco no infinito,
Respostas encontrar.

Procuro vislumbrar algum detalhe,
Para aumentar a minha esperança...
Quero um, dia ver a Terra, toda iluminada,
Como o sorriso puro de uma criança...

Vou longe, entre astros e estrelas,
Planetas, os mais diversos;
A imensidão me fascina...
Inspirando estes meus versos...

Volto, coloco os pés no chão,
Observo a Natureza:
Vejo florestas, rios e mares...
Meu planeta!... Quanta beleza!...

A presença dos animais,
As flores desabrochando,
Crianças, pelo caminho, correndo,
A vida se manifestando...

A esperança bate em meu peito,
Pulsa na força da minha convicção.
Em cada ponto, vejo Deus,
Com a Sua, permanente, proteção.