Seja Benvindo. A sua visita me fará, sempre, feliz

segunda-feira, 30 de setembro de 2013

Sou como um Caminhoneiro





26/11/2000

Autor: Élys Vianna

Sou como um caminhoneiro,
pela estrada da vida vou passando,
sentindo a brisa no rosto,
com ternura me afagando.

Vez por outra um vento forte,
passa célere soprando,
mas, com muita fé em Deus,
continuo caminhando...

Assim, pela estrada, eu sigo,
a tudo observando,
para ultrapassar os obstáculos,
vou com muito cuidado guiando...

Sol forte, tempestade, saudade e solidão,
é preciso, com Deus superar,
dirigindo com cuidado,
para Ele poder ajudar...

Continuo na estrada,
tal qual um caminhoneiro,
dirigindo a minha vida,
aprendendo o tempo inteiro,

procurando, sempre, lembrar,
que muito íngreme é o caminho
e que Deus está, presente,
não deixando, ninguém sozinho.

14 comentários:

  1. Olá, Élys! E caminhoneiros tem sempre muitas histórias para contar, muitas estradas percorridas e a percorrer. Bonito poema!

    ResponderExcluir
  2. Olá, amigo Élys
    Também me sinto peregrina e não me sinto só: Ele está comigo sempre...
    Lindo o seu caminhar!!!
    Bjs fraternos de paz e bem

    ResponderExcluir
  3. oi Élys,

    é muito bom sentirmos essa vontade de continuar caminhando,
    gostei muito de te ler...

    beijinhos

    ResponderExcluir
  4. Nunca estaremos sozinhos essa é a mais pura verdade o Senhor estará sempre conosco e se deixará ser encontrado por aqueles que o buscam.
    bela poesia como sempre cheia de inspiração divina.
    beijos
    Joelma

    ResponderExcluir
  5. Somos todos caminhoneiros, ainda que parados, se assim nos permitirmos ser
    Somos cacheiros viajantes, errantes
    E que assim sejamos parados no mesmo lugar ou em movimento, seja como for, seja sempre com Deus no coração e em nossas ações a todo momento

    ResponderExcluir
  6. ¡Hola, Élis!!!

    Nos dejas una bellísima poesía.
    Caminar es vivir, pues caminando como camioneros como tú bien dices, vamos aprendiendo, por un camino a veces entre obstáculos!... Y en soledad como dice tu poema.

    Y dirigiendo nuestra vida, ayudando a los demás, y prestando una mano donde pueda apoyarse un ser humano.

    A cada cual, Dios nuestro Señor, nos prepara con amor nuestro destino y debemos llevarlo con amor con cariño: dar gracias porque, otros no viven para contarlo.

    Ha sido un placer pasar a leerte.
    Te dejo mi gratitud y mi estima siempre.
    Un beso y se muy muy feliz.




    ResponderExcluir
  7. Verdade, Deus está sempre conosco a nos guiar. Importante, tb, que sejamos nós a dirigir os nossos passos, sermos os responsáveis pelos nossos erros e acertos. Muita paz!

    ResponderExcluir
  8. A vida é uma linda estada cheia de luz.Muita paz.

    ResponderExcluir
  9. OI ÉLYS!
    QUE TUA VIAGEM, NA BOLEIA DESTE CAMINHÃO, SEJA ABENÇOADA, NO COMANDO DE TUA VIDA.
    LINDO TEXTO.
    ABRÇS
    http://zilaaniceli.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  10. Adorei o seu poema!
    Caminhoneiro é uma profissão muito difícil!
    Um abraço
    Pedro

    ResponderExcluir
  11. Bom dia Elys,
    Oh, que poesia bonita de louvor que voce faz mesmo linda e magica.
    Um grande abraco.

    ResponderExcluir
  12. Somos como caminhoneiros, porque nossas vidas são estradas com atalhos, cruzamentos, vias simples ou duplas, e totalmente responsáveis de fazer ou nao uma viagem segura.

    Bjs

    ResponderExcluir
  13. Amigo Élys, em determinados momentos da vida, somos todos "caminhoneiros", seguindo por diferentes estradas... O maravilhoso é saber que temos um Deus que nos cuida, ama e conduz pelo melhor caminho, basta que estejamos atentos a sinalização e aos seus sábios ensinamentos! Adorei a poesia! Desejo um feliz final de semana! Um abraço...

    ResponderExcluir
  14. Ola meu amigo ÉLYS passei neste domingo para ler seus poemas
    saudades de você estive de férias forçadas sem computador agora tudo resolvido finalmente posso fazer algumas visitas aos amigos um abração meu carinho e amizade a você bjs marlene

    ResponderExcluir

A sua visita me faz feliz.
Deixe um comentário, aqui ou se preferir,
vá ao livro de visitas (Guest Book), no alto do Blog.
Ficarei muito grato.